Ouça na sua plataforma preferida!
Média

0

10 baseada em 0 votos.
Avalie:
Você ainda não votou.
Aguarde...

Faça o login para votar.

Esta página ainda está sendo preenchida. Encontrou algum erro ou quer nos ajudar a preenchê-la? Manda um salve!

Letra da música Vaidade

[Intro: Kalyne Lima, GOG, (Zé Brown)]
Original rap Brasil
Desse jeito, música preta periférica brasileira
É o Nordeste (vish)
Os três tambores
Tamo junto, hein
(Kalyne Lima)
Presente
Ativa e operante, chega

[Verso 1: Kalyne Lima]
Paraíba, nordestina e, sobretudo, feminina
Mulheres comandam o exército das colheres
Crianças famintas batem na mesa com talheres
Ao meio-dia, a combatente de patente, Maria
Mãe de tantas filhas nessa terra sem estia
Serve ao batalhão a refeição que tem no dia
Muitas vezes não passa de água com farinha
Pra chegar até aqui já vendeu tudo o que tinha
Luta contra o tempo, contra a seca, a exclusão
Contra a violência, o machismo, a tradição
Que lhe colocou numa posição que não se conformou
Vive na busca de mudar o que ofusca o seu valor
E no passado, o roçado não deu um resultado bom
Mas vai mantendo a resistência sem perder o dom
Não se entregue à fraqueza
Simplicidade, sua realeza
Mistura de fé, sabedoria e beleza

[Refrão]
Vaidade, todo mundo tem
Quem disser que não tem vaidade, vaidade tem
Vaidade, todo mundo tem
Quem disser que não tem vaidade, vaidade tem

[Ponte: Zé Brown, Kalyne Lima]
Diretamente da comunidade do Alto José do Pinho
Agora é com você, meu parceiro
Humildemente, Zé Brown
Chega mais
Mandando esses versos
Coisa fina, né, não, Zé?
Vish

[Verso 2: Zé Brown]
Estou no Nordeste, que diante da vaidade
Arrodeado de um cenário de criatividade
Ilustração natural em uma nação despreziva
Onde o auto-estilo não tem contagem regressiva
E assim procede os efeitos da natureza
Onde o mais humilde investe na sua beleza
Pano de chita aqui é um valioso tecido
A elegância do negro velho, bem estabelecido
Sempre cheiroso, postura, seguindo padrão
Como Maria Bonita, Corisco, Dadá e Lampião
Pernambuco, Bahia, São Luis do Maranhão
Trazem na vaidade sua representação
Na romaria de Padre Ciço rumam a aquarela
Magia bela no sorriso de Dona Stela
O brilho nos olhos, nos cabelos da donzela
Roteiro verdadeiro que não se vê numa novela

[Refrão]
Vaidade, todo mundo tem
Quem disser que não tem vaidade, vaidade tem
Vaidade, todo mundo tem
(Maior satisfação)
Quem disser que não tem vaidade, vaidade tem
(Tá fazendo parte dessa história)

[Ponte: Zé Brown]
Se Deus quer assim, assim vai ser
Vish, poeta GOG

[Verso 3: GOG]
Amigo, Zé, tudo, tudo vai dar pé
Kalyne, mama África ama você com fé
Jackson do Pandeiro, mira negra canção
Ira e uma Tiger, Bola 8, consideração
Relato consciente, centro histórico, rua do hospício
Pablo jovem, miss Aurélio, vinil permitiu isso
Miguel Farias, Capiba, confluência tudo a ver
Com pisos de barro e KSB, barracos de sapê
Casar sem cama, sonha na rede; Pedro Luiz e a Parede
Coco Raízes de Arcoverde, beba se você tem sede
Cuscuz do milho cozido no pano de prato
História lindas, lindas, das idas e vindas ao Crato
No mundo livre das ruas do Alto Zé do Pinho
Forró, festa, farra, agarradinho, mais belo ninho
Vestindo repentistas, seresteiros, prosadores
Nação Zumbi, Chico vive nos mangues e tambores
Alceu Valença abre a janela, distribui bom dia
Lenine, Silvério Pessoa espantam a monotonia
Lula Queiroga diz o habitat da felicidade é a brisa, chão que vem após a forte tempestade
Céu sem nuvens, sol belo azul vai raiar
Dona Lia, folia da Ilha de Itamaracá
Deixando lula de azeite, que raiz nota cem
Vaidade, quem não tem?
Na dose certa faz bem

[Saída]
Vaidade, todo mundo tem
Quem dizer que não tem vaidade, vaidade tem
(Oxe, ô moleque
Oxe, cabra arretado)
Vaidade, todo mundo tem
(Intercâmbio Natural, GOG, Kalyne e Zé Brown
João Pessoa, Paraíba, mais uma conquista pra nós)
Quem dizer que não tem vaidade, vaidade tem
(DF, Brasília, desse jeito, meu querido
Recife, Pernambuco
Terra de gente, muito orgulho
Maior satisfação, professor
Você é um mestre pra mim, parceiro
Que Deus abençoe sua trajetória
A nós, irmão
Axé
A nós, irmã
Valeu)

O que você achou de Vaidade?