Ouça na sua plataforma preferida!
Média

0

10 baseada em 0 votos.
Avalie:
Você ainda não votou.
Aguarde...

Faça o login para votar.

Esta página ainda está sendo preenchida. Encontrou algum erro ou quer nos ajudar a preenchê-la? Manda um salve!

Letra da música Novos Ventos

[Intro]
Pois o vento que venta lá, venta cá

[Verso]
Novos tempos, novos ventos, novos dias
Tristezas, alegrias, uma vida, duas vias
Rodovias vêm e vão, contramão
Nada em vão, avião, sensação
Lentidão, vou a milhão
O que passou, passou
O bueiro ferveu
Negão aqui sofreu, sarou, acabou, morreu
Valeu, só quem passa pode dizer que aprendeu
Cantei Pepeu, Cultura de Rua, um exemplar é meu
Foi por um fio que eu sobrevivi, quase caí
Talvez por isso ganhe um CD, quero ouvir
Guardo na sala o livro, escrevo pra contribuir
Quem sabe um talento aprisionado está ali
Alguém que possa desandar por aí
Última chance dele ou dela prosseguir
Tanta gente boa que eu vejo desistir
Citar nomes? Vou passar um ano aqui
Na cidade, é unanimidade
Quem reclama também nega oportunidade
Joga cópia num esgoto de grande profundidade
Refém da maldade, protegido pela impunidade
Terra em transe
Lá se vai mais uma chance
Olho no lance
Estava ao nosso alcance
Novos tempos, novos ventos, precavido
Elemento em movimento raramente é abatido

[Saída]
Pois o vento que venta lá, venta cá
Pois o vento que venta lá, venta cá
Pois o vento que venta lá, venta cá

O que você achou de Novos Ventos?