Ouça na sua plataforma preferida!
Média

0

10 baseada em 0 votos.
Avalie:
Você ainda não votou.
Aguarde...

Faça o login para votar.

Esta página ainda está sendo preenchida. Encontrou algum erro ou quer nos ajudar a preenchê-la? Manda um salve!

Letra da música Quanto Mais Palmas Melhor

[Verso 1: GOG]
O retrato do meu pai em cima da TV
Dá o clima, me inspira pra escrever
É o guia que auxilia, tempera a escrita
Deixa clara minha fala, a alma medita
Palmas, palmas, quanto mais palmas melhor
Pra atrair o que é bom, espantar o pior
Palmas das mãos calejadas pelas enxadas
Palmas das mães torturadas nas madrugadas
Seus filhos se foram, beberam, se excederam, morreram
Alegraram o opressor, noites de choro e dor
Sem curso superior, diploma de doutor
Quem se omitiu, fez que não viu, também é mentor
O rap constata, delata, dedo na ferida
Trilha sonora, senhora, eu canto sua vida
Muita gente ouve, simplesmente não entende
Muita gente canta, se atrapalha, se rende
No banquete da fartura, quem fatura se reúne
Acima da lei, já sei, sem lei, crime pune
Evoluem, nos excluem, destruindo a Terra
Discursos bem bolados, senhores da guerra
Sempre em frente no repente, consciente, guerreiro
Na selva tem de tudo, quase sempre por dinheiro
Quem tem preço, eles compram, pagando sorrindo
Quem tem valor, diante do caô, segue resistindo a várias investidas
Não terá seu nome em avenidas
Talvez não veja o sonho realizado
De tijolo em tijolo, se constrói um sobrado
O gosto amargo da derrota; o choro na vitória
Glória, glória, mesmo na mais difícil hora
Vê se não decora, aprende a ser de verdade
Palmas pra quem calça as sandálias da humildade
Jamais na contramão do bem da humanidade

[Refrão: Higo Melo]
Pra quem vive na labuta e com amor
De cabeça erguida, seja como e quando for
Faz de combustível seu próprio sangue e suor
Pra quem vive na labuta e com amor
De cabeça erguida, seja como e quando for
Faz de combustível seu próprio sangue e suor
Quanto mais palmas melhor

[Verso 2: GOG]
Pensamento longe, dentro do ritmo
O povo no poder é legítimo
Minoria controlando a maioria, contradição
Cortina de fumaça atrapalha a visão
Nos transmitem, via holerite, a falsa impressão
Que a saída é só estar na tropa da ambição
As mãos calejadas sofrem de várias maneiras
Levadas ao rosto, refletem vidas inteiras
No aeroporto, só conforto, detector metais
Na cadeia é picado tudo que a visita traz
Assim jaz e se vai a democracia
Milton Santos já dizia, Lélia Gonzalez sabia
Capitalismo gigante dos pés de barro
Causador maior dos problemas que eu narro
Pra todo grande centro, enorme periferia
Todo rebelde sofre atentados contra a rebeldia
Daí a importância de manter-se fiel à cartilha
Indica e ilumina, longe qual farol de milha
Evita o naufrágio do discurso apresentado
Pode salvar vidas, livra do fundo do lago
Música, literatura cura pela auto-estima
Sintonia, altor teor, valor na rima
Venha se alistar, contribuir com esse QG, pode crer
Vai ter posto de alta patente pra você
O aprendizado do passado na construção do presente
Ingrediente indispensável pra seguir em frente
De mãos dadas, somos elos fores da corrente
Mentes conscientes, mentores, motores potentes
Sabedoria criou, faça por amor
Amplifica, por favor, onde você for
Fazer acontecer é declaração de fé
Do céu só cai chuva quando a nuvem negra quer

[Refrão: Higo Melo]
Pra quem vive na labuta e com amor
De cabeça erguida, seja como e quando for
Faz de combustível seu próprio sangue e suor
Pra quem vive na labuta e com amor
De cabeça erguida, seja como e quando for
Faz de combustível seu próprio sangue e suor
Pra quem vive na labuta e com amor
De cabeça erguida, seja como e quando for
Faz de combustível seu próprio sangue e suor
Pra quem vive na labuta e com amor
De cabeça erguida, seja como e quando for
Faz de combustível seu próprio sangue e suor
Quanto mais palmas melhor

O que você achou de Quanto Mais Palmas Melhor?