Ouça na sua plataforma preferida!
Média

0

10 baseada em 0 votos.
Avalie:
Você ainda não votou.
Aguarde...

Faça o login para votar.

Esta página ainda está sendo preenchida. Encontrou algum erro ou quer nos ajudar a preenchê-la? Manda um salve!

Letra da música Guerrilha Urbana

[Man-duim]

Os tambores rufaram mais uma guerra anunciada
Bença pai bença mãe estou indo pra batalha
Invadiremos a zona rural e a zona urbana
E a primeira trincheira vai ser armada aqui na suburbana
Lutaremos dia e noite por um palmo de terra
A minha inspiração vem do líder Marighella
Porque injustiça causa desordem na rua só cheiro de morte
Aqui os guerrilheiros lutam por dias melhores
O plebeu agora contra ataca
Meu microfone é lança chamas, lançador de granadas.
O senador baiano primeira vitima da minha emboscada
Escapou da cassação mais não vai escapar da minha granada
Se tiver sorte pode até sair com vida
Mas nunca vai se esquecer do poder de uma guerrilha
E com humildade seguiremos nossa trilha
Carregando a bandeira do rap ate o fim das nossas vidas
Porque se a males que vem pra bem aqui o bem vem contra o mal
Organização clandestina ação libertadora nacional
A lei da cidade baixa é a da revolução
Com uma pá de homens bombas prontos pra missão
Com sangue no olhar igual à de um cão feroz com fome
O primeiro que passar pela frente eu esmago com meu tanque
Nas ruas os soldados não tem ambição
Nossa luta é por justiça e pelo fim da escravidão
De foice ou de facão os sem terra também da facção
Só querem liberdade e um pedaço de chão
Uma nova chama da revolução foi acesa
Nada de calor humano no coração só frieza
Assalto sequestro hoje em dia é natural
Então o burguês vai se assustar quando explodirmos o planalto nacional
Mostraremos que não estamos de brincadeira
Aqui 157 já cavou sua trincheira

Refrão
157… [x4]

[Diego 157]

Aqui é o esquadrão que não tolera
Revolução extremista soldados da nova era
Cbx ideia sincera guerrilheiros na linha de frente
Que estudam o passado e causam pânico no presente
Vim pra bater de frente com toda forma de opressão
Ser a cura pra doença criada pela televisão
Inspirado em Marighella e seus ideais de guerrilha
Resistente como os bravos na revolta farroupilha
Vem me humilha por me orgulhar da pele preta
E acabar coma farsa das escrituras na bandeira
Aniquilo os malfeitores como a maldição de Che
Na mira vão as podres naturezas de poder
Capitalismo, nazismo, fascismo, racismo
Pra vocês sou o anjo malvado e deterioro seu egoísmo
Sangue e suor formaram poças nessa terra
Luther King não foi ouvido e o homem promove guerra
Favela é o que nos sobra em muito tempo de confronto
A favor do excluído eu sempre estarei pronto
O resgate da auto estima aqui se inicia
E a ira é pra quem sempre nos trouxe covardia
No estilo vagabundo que apavora o burguês
Do playboy ao rei todos terão sua vez
Vão pagar pelo que deve a cobrança é sanguinária
Aqui é a Cbx tropa revolucionária
157 Nervoso faz parte da quadrilha
Filho da puta se prepara porque o clima é de guerrilha
O que ensinam na escola não é 1/3 da verdade
Hoje sei que Zumbi é o herói da liberdade
Líder palmarino espelho da resistência
Defensor daquele que sempre tiveram inocência
Seguindo essa trilha a história continua
Pelo fim do açoite e melhoria do povo da rua

Refrão

Sobre Guerrilha Urbana

A música Guerrilha Urbana, de 157 Nervoso e produção de Diego 157, foi lançada no disco A Cria Rebelde, em 2009.

O que você achou de Guerrilha Urbana?