Ouça na sua plataforma preferida!
    Média

    0

    10 baseada em 0 votos.
    Avalie:
    Você ainda não votou.
    Aguarde...

    Faça o login para votar.

    Esta página ainda está sendo preenchida. Encontrou algum erro ou quer nos ajudar a preenchê-la? Manda um salve!

    Letra da música O Mundo é Nosso (Parte 1)

    [Intro: Nego Sub & Don L]
    – Então, cê me chamou chapa? Pode dizer
    – Eu tenho uma história pra contar
    – Diz (Costa a Costa)
    – Eu nem sei como vai terminar, mas… É fácil entender, tá ligado? (Mixtape!) Difícil é resolver o bagulho
    – Problema né, cara
    – É, problema, vários problema, né chapa?
    – Como é que começa o bagulho?
    – Tem que começar com problema!

    [Verso 1: Don L]
    Ohn! Tinha que ter um problema
    Esse filadaputa quer me ser um problema
    É pena eu ter que resolver o problema
    Porque sem esse problema, eu já to cheio de problema
    Certo! Nós é homem, nós resolve
    Como? Nós resolve com nossos revólver
    Tem um chapa com umas armas em casa
    Ele que tem as armas mais pala dazárea
    Sei que é um dos caras mais mala dazárea
    Mas ama esse pivete que num para em casa
    E o muleque tá voltando da escola
    E me vê com a grana comprando a pistola
    Embora ele nem se toca o que vem
    Gosta também das notas e não importa como vem
    Esse pivete anda com esse outro muleque, manja?
    Esse muleque ele é 157, mete bronca
    Só que a mãe, ela luta demais
    De segunda a segunda que ele pergunta demais
    Tipo: – Cadê meu pai, mãe? Quem é meu pai?
    E a surpresa vem: – Esse cu de cana é meu pai?!

    [Refrão: Don L]
    Problema é seu, o mundo é nosso
    Então o que nós vai fazer, sócio? (DuNego Records)
    Problema é seu, o mundo é nosso
    Então o que nós vai fazer, sócio? (Mixtape)

    [Verso 2: Don L]
    E esse cu de cana, cê num acredita
    Tem outra mulher, tem outra família (tá fudido)
    É a terceira esposa na vida
    Ela cansou, ela quer outra coisa da vida
    Ele tombou em coma e ela nem ligou
    Tá dando prum gringo e jurou que lhe tem amor
    Mas o gringo só pensa na filha dela
    Pensa nessa donzela de aliança na Suécia? Não!
    Ele pensa é naquela seda, ele mente, ela voa nessa
    Ele vende ela na Suécia, e ela? Ela pensa que é igual novela
    Saca Leci? Tem um samba que lembra ela
    “Maria Bela, linda na janela
    Espera sorrindo o boy pinta na favela”
    É reencontro, olha que cena linda (Ela e o boy?)
    Não, o boy e o 12 na esquina
    Um é chamado vítima e o outro facínora
    Um voltou da cela e o outro da clínica

    [Refrão: Don L]
    Problema é seu, o mundo é nosso (Seloco, ein)
    Então o que nós vai fazer, sócio?
    Problema é seu, o mundo é nosso
    Então o que nós vai fazer, sócio?

    [Verso 3: Don L]
    Esse boy já não tem mais amor à vida
    Perdeu a mulher, no vício perdeu a família
    Gastou a herança do pai e fudeu com o irmão
    Voltou pra casa da mãe e se perdeu no mundão
    E esse 12, nessa vida daria um filme sobre
    Inteligência investida no crime dia e noite
    Orgulhoso demais em não ter emprego
    Disposto demais pra ter bolso e não ter dinheiro
    Ter fome e não ter o leite, ter pé e não ter um tênis
    Ter boca e não matar a sede, ser homem e não usar o pênis
    Ele prefere ter boca e vender as grama
    Ter boca e beber as Brahma, ser louco e fazer uma grana

    [Refrão: Don L]
    Problema é seu, o mundo é nosso (Tá sem jeito, ein)
    Então o que nós vai fazer, sócio?
    Problema é seu (Costa a Costa), o mundo é nosso
    Então o que nós vai fazer, sócio? (Mixtape)

    [Verso 4: Don L]
    Lembra do muleque sem pai? Bateu uma louca
    Foi aguentar o boy, desrespeitar a boca (Vish)
    Maria Bela da janela se queima
    Ela liga pro 190, que coisa feia, nêga
    O 12 vê a treta e dispara umas balas
    Os homi chega nas áreas, os homi nem vê e ele rala
    Porque o muleque fez o boy de refém
    E o cana lembra que ama seu pivete também
    Porque o muleque parece com o pivete de alguém
    É o tipo do filho do cana mas filho d’um cu de cana
    O cana engana, mas se envolve também
    O cana guenta o revólver
    Depois vende pra quem paga bem
    Ele trabalha pra quem distribui pó e bagulho
    Um laranja vende, ele aguenta e volta o bagulho

    [Refrão: Don L]
    Problema é seu, o mundo é nosso (Puta que pariu)
    Então o que nós vai fazer, sócio? (Sei lá, mano)
    Problema é seu (Fudeu), o mundo é nosso
    Então o que nós vai fazer, sócio?

    [Verso 5: Don L]
    Esse laranja falou merda demais
    Cabou com o nariz, mergulhou na pedra e no gás
    Se juntou com uma atriz que um chapa tava comendo
    E me deixou sabendo com quem os caras tava mexendo
    Segunda sessão, esse irmão era o próximo no esquema
    Próximo tema da próxima cena, estilo Datena
    Coincidência, eu sei quem é esse noia
    Sabe quem? O cara que me fez comprar a pistola!
    (Filho da puta)

    [Refrão: Don L]
    Problema é seu, o mundo é nosso (Costa a Costa)
    Então o que nós vai fazer, sócio? (Mixtape)
    Problema é seu , o mundo é nosso
    Então o que nós vai fazer, sócio?

    [Outro: Nego Sub & Don L]
    – Carai
    – Se ligou?
    – Essa porra é foda
    – Bagulho é tipo (DuNego Records) efeito dominó, chapa, (Problema é seu) a solução do seu problema vira um problema pra alguém e assim vai
    – Tem que resolve, né chapa
    – Todo dia tem alguém arrumando um problema que vai acabar virando um problema pra mim, tá ligado?
    – Então o que nós vai fazer, sócio?
    – Sei lá, mano (O mundo é nosso)
    – Tem que cobrar esses filhos da puta
    – Puta que pariu
    (Problema é seu – Isso aqui é dinheiro, sexo, drogas e violência de Costa a Costa – O mundo é nosso)
    (Mixtape)

    O que você achou de O Mundo é Nosso (Parte 1)?