Ouça na sua plataforma preferida!
    Média

    0

    10 baseada em 0 votos.
    Avalie:
    Você ainda não votou.
    Aguarde...

    Faça o login para votar.

    Esta página ainda está sendo preenchida. Encontrou algum erro ou quer nos ajudar a preenchê-la? Manda um salve!

    Letra da música Enquanto Num Vim

    [Intro: Don L]
    E aí, chapa
    Então, tô indo só no estúdio botar uma voz ali, tá ligado?
    É um jogo rápido, jogo rápido lá
    Então dez e meia eu chego aí, falou?
    Certo
    Falou
    Falou então

    [Verso 1: Don L]
    De bandana, campana na esquina, eu invisto em mim
    Caçando a grana pra esse disco sair
    Enquanto num vim, tô na rua e tô jogando por mim
    Tô suando por mim, lutando por mim
    Filmando os irmão apostando em mim
    Vitória deles é vitória pra mim
    Enquanto num vim, rola a base eu vou rimando isso aqui, fi
    A rua tá esperando por mim
    Enquanto num vim, KL Jay tem meu som na sua mixtape
    E DJ Hum tem meu som no CD Player
    Faz o remix, hey
    Enquanto eu bombo essa mixtape
    Que todo gueto consome essa mixtape
    Grava essa mixtape, eu não tenho a noite inteira
    Eu tenho a missão com os irmão às 10 e meia
    Tenho até 9 e meia pra fazer essa letra
    Uso a cabeça que eu tô sem papel e caneta
    1, 2, 1, 2, Talvez o ultimo som
    Hoje pode ser meu último dom
    E mesmo que seje tudo firmão, um lucro bom
    Todo som é meu primeiro e ultimo som

    [Refrão]
    Meu juiz, mais um dia eu vivi
    Essa noite, eu sei, pode vir o fim
    Enquanto num vim
    Vou jogando e brindando o que tem pra mim
    Vou tomando esse rum Bacardi
    Enquanto num vim
    Faça essa gata feliz
    Tim-tim, ela curte assim
    Ela diz sim
    Enquanto num vim
    Jogo o jogo na caça dum lucro bom
    Faço todos como se fosse o ultimo som
    Enquanto num vim

    [Verso 2: Don L]
    Tipo no som do Jorge Ben, tiro ouro do pó
    Sou alquimista e um dos melhor
    Convivendo com putas e cafetinas
    157 na rua e os 12 na esquina
    Que porra que eu posso fazer bem na minha vida
    Eu tenho que vencer
    Vou correr a 130 na avenida
    A rua me chama
    Eu capturo grana, grana
    As vagabunda me ama
    Mas eu não julgo essa dama
    Ela curte viver mermo vivendo mais drama
    Pelo o que ela sofre levando a vida no morro
    Merecia jóias de diamante decorando seu corpo
    Mas não chore por ser amante dum louco
    Chore se eu não vencer porque sabotaram o jogo
    Mas vai ser o que deve ser, se tiver que ser, ma
    Cabeça de gelo, estilo Dexter
    Quando G.O.G curtiu minha rima
    Gato Preto rolou no colombo, Vida Vadia
    E eu era mais um nordestino no Sul mostrando a rima
    Na sala do dono da Sky Blue
    Vai lendo esse contrato da Sky Blue
    De frente pra vagabunda de saia com os pano da Ice Blue
    Tô de volta nazarea, fumando um bagui
    Tenho o céu azul com meu carro na fila do drive-thru
    E uma gata que faz tudo, é tudo por mim
    Brindando tim-tim nem que seja o último drinque

    [Refrão]
    Meu juiz, mais um dia eu vivi
    Essa noite, eu sei, pode vir o fim
    Enquanto num vim
    Vou jogando e brindando o que tem pra mim
    Vou tomando esse rum Bacardi
    Enquanto num vim
    Faça essa gata feliz
    Tim-tim, ela curte assim
    Ela diz sim
    Enquanto num vim
    Jogo o jogo na caça dum lucro bom
    Faço todos como se fosse o último som
    Enquanto num vim

    [Verso 3: Nego Gallo]
    E toca a micha enquanto queima o gudang
    Sem dar na vista em goma e filma os boy no “having fun”
    Eu tô na pista
    E mexo com o que é pago no cash
    No pique Pablo, enquanto num vira um troco no rap
    Eu vim que é Gallo
    Num julgue, né, cê não me conhece
    Tá inteirado, Morro do Moinho, Santo Inácio
    Sou desse lado, a Oeste da orla é jogo duro
    Eu lembro no camarim só tinha água e bagulho
    Quando Brown falou que o meu som era o futuro
    Outro MC fingia que nem sabia o nome do grupo
    O mundo gira e o tambor roda falou
    Eu vim da orla e quem vacila hoje tá fora do jogo
    Eu bolo o rolo pra ter algum no bolso
    Escrevo rap, né, sempre com o olho no topo
    Que nem o Sabota, eu fiz meu nome no morro
    A escória que faz escola só cola nos pico louco
    Eu vejo o pódio e o 3 top do jogo
    Em meio aos flashes, os que tão de blefe cresce o olho
    Eu sei quem são, né, eu sei que tão
    Que nem no Canecão enquanto o Caetano apertava a minha mão
    (Hutuz para a categoria melhor grupo Norte e Norde–, Norte e Nordeste, Norte e Nordeste, vai para Costa a Costa)
    Você é a prova cabal
    Cê não aprova? Legal, falou
    Mas sou rei no meu quintal, nego
    Vou fazer meu corre atrás dum troco bom
    Eu faço todos como se fosse meu último som

    [Sample: Sabotage]
    Novo milênio, Helião. Pode acreditar, irmão, só vai sobreviver escolhido

    [Refrão]
    Meu juiz, mais um dia eu vivi
    Essa noite, eu sei, pode vir o fim
    Enquanto num vim
    Continuo brindando o que tem pra mim
    Vou tomando esse rum Bacardi
    Enquanto num vim
    Faça essa gata feliz
    Tim-tim, ela curte assim
    Ela diz sim
    Enquanto num vim
    Jogo o jogo na caça dum lucro bom
    Faço todos como se fosse o último som
    Enquanto num vim

    [Saída: Discurso de Don L e Nego Gallo no Prêmio Hutuz]

    O que você achou de Enquanto Num Vim?