Ouça na sua plataforma preferida!
    Média

    0

    10 baseada em 0 votos.
    Avalie:
    Você ainda não votou.
    Aguarde...

    Faça o login para votar.

    Esta página ainda está sendo preenchida. Encontrou algum erro ou quer nos ajudar a preenchê-la? Manda um salve!

    Letra da música Jogo da Noite

    [Intro: ?]
    A rua tem os louco
    Os louco são de jogo
    A noite é Las Vegas em qualquer gueto
    É bom levar a seda ou luta guerreiro
    As prima toda esquina tem, mah
    Tão afim de se fazer também, mah
    A lua movimenta a boca
    Se os cana tão pago, vão guentar outra
    Os pilantra tão vagando aí, mah
    Esperando um vacilão subir, mah
    Eu moro aqui, tô a fim de curtir
    Peço a Deus proteção, que olhe por mim

    [Verso 1: Don L]
    Me imagina que nem um rei
    Um servo da lua
    Vagabundo, e o castelo é a rua
    Estilo original, cê pode imitar
    O brilho é da alma, as prata é só pra firmar
    Então, embaixo do céu, em cima do chão
    Eu sou réu, tô com Deus, não temo o mundão
    Oião cê pode olhar até a vista cansar
    Que Nanã não vai deixar sua cobiça pegar
    E se pá, periga voltar, periga cê só se arrombar
    Enquanto eu vou brindar a brisa do mar
    Eu não posso alisar que a vida cobra a vista
    A calça de brim, a taça de cristal
    E se o barraco é de pau, sem problema
    Lembra, eu me levantei, cê também tem esquema
    Nas ruas escuras eu rodo de fumê
    As puta da viatura não pode me ver
    Eu tô de role, mas sempre vou ter
    Um olho em você
    Ei, irmão, sabe que horas são?
    12:12
    Muito bagui que eu vejo à luz do neon
    São segredos do gueto que o nego não rima no som
    Malandro bota um fino do bom
    E pira no som
    Dunego é só a firma dos bom
    Filma

    [Verso 2: Don L]
    A noite é jogo, tipo cassino
    O licor me mantém bem
    Os louco tão curtindo
    Pra cada mágoa a mais, uma taça a mais
    Tem primo, a folga na brisa do cais e vem rindo
    100% curti nota de 100
    As gata também, mas separe várias carta que tem
    Eu tenho o Bacardi tal mais o licor
    E tenho o carro antigo, de estilo, se ligou
    Chapa, quantas onça o nego traz no bolso
    Cada nesse jogo vale um ás de ouro
    Louco, na madrugada
    Vários cara filmando
    Não encara o que eu tenho embaixo do banco
    Eu paro no bar, tem bilhar, é favela
    As gata mexe vendo os clipe de rap
    Eu já tô naquela
    Cê viu ei, que ela fez pra mim
    Desse jeito ali, tem pra mim, três vez me sorri
    Hey, vou perguntar, mah
    Cê quer sim?
    Ei, cê curte Bacardi?
    Gata, chega aí
    Hey, prima, eu curto curtir
    Subo quando você desce assim
    E eu mudo meu vulgo por ti
    Me chama Don Vagabundo
    Os vidro é fumê
    Os banco de trás, só eu e você
    E sabe o que mais?
    Foda-se o mundo

    [Ponte: ?]
    A rua tem os louco (os louco)
    Os louco são de jogo (jogo)
    A noite é Las Vegas em qualquer gueto
    É bom levar a seda ou luta guerreiro

    [Verso 3: Nego Gallo]
    Do gueto que eu vim
    Do jeito que eu sou, rezou
    Vendo por mim
    O que ninguém explicou
    Se errando eu aprendo
    Não me arrependo
    Tem tempo ruim, não
    É como furtar valendo
    Se tá cruel, olhos no céu
    Cê tem que fazer um papel
    Cê vem do fel, vagabundo
    Puta madruga é curta babel
    Tem viatura e 5g pra puta do coronel
    Desdobrando a pura
    Castelo na rua é cartel

    [Outro]
    Isso aqui é di-nheiro, se-se-sexo, dro-dro-dro-drogas e violen-violen-violen-violen-violência de Costa a Cos-Cos-Cos-Costa a Costa

    [Sample: Al Green]
    Love and happiness
    Wait a minute something’s going wrong
    Someone’s on the phone
    Three o’clock in the morning

    O que você achou de Jogo da Noite?