Ouça na sua plataforma preferida!
Média

0

10 baseada em 0 votos.
Avalie:
Você ainda não votou.
Aguarde...

Faça o login para votar.

Esta página ainda está sendo preenchida. Encontrou algum erro ou quer nos ajudar a preenchê-la? Manda um salve!

Letra da música Inferno na Torre

(Parte 1)
Menino branco com mochila de estudante passou
Pela aparência o porteiro abraçou como morador
Usamos de forma racional o preconceito racial
Levanto o portão pro bonde entrar com o apoio arsenal
Viemos trazer o inferno Delivery pra cada apartamento
Toc, toc riqueza portátil, óh meu sentimento
Por trás do zelador no olho mágico dos importantes
Novos Che de Heckler & Koch, nomes dos nome não relevante
Ai vovó não dê piti, ficamos com a dica do dia
Mas preferimos lar de construtor, dono de franquia
Exposição em rede social, post diário
Levantamos perfil financeiro, gosto culinário
Sei quem é da aviação, quem tem concessão de televisão
Quem divulga a marca do jogador de seleção
A regra é esconder a esmeralda de 18 quilates
Não ficar vivo, pra fazer denuncia no Depatri
Estaria no meu lugar filho da puta rico
Se fosse seu povo aglomerado no caminhão de lixo
Saindo na mão por cada produto estragado
Antes do gari recolher da lixeira do mercado
No Hall dos bandidos, sou nível juvenil
Hackeia meu celular e põe no Intercept Brasil
Vai achar até plano de sequestro e roubo
Mas nada parecido com Dallagnol e Moro

(Refrão)
Filho da puta tem que pagar por cada centavo roubado
Por cada um de nós em fuga no AUDI blindado
Pelo corpo na represa, pelo escravo na empresa
Merecem inferno na torre, labareda por labareda

(Parte 2)
Viemos dar aula de ética, valores morais
É obsceno um apê por andar de 5 milhões de reais
10 coronhadas só por ter o quadro da Renascença
Onde 23 milhões estão abaixo da linha da indigência
Não julga? , só vocês que tem um telemarketing
Angariando doação pra quem não tem câncer de verdade
Os Mac Book, Smartphone, relógio MontBlanc
Cês recupera explorando empregada amanhã
A RUGER é a balança da justiça aniquilada
Quando só sobra a educação de jovens adultos pra quebrada
Na fase escolar, vai roubar, vai trampa
Quando tiver 45 volta à estudar
Quero achar o paiol de arma de colecionador
Lavar com sangue o certificado de atirador caçador
Vocês no escritório com tapete Persa
Praticam mais atentados que qualquer líder na cela
São vocês que articulam os carros metralhados
Que cai na nota de culpa dos membros do tráfico
Depois é só falar que é treta entre cúpula cabeça
Que ninguém percebe, a tática de limpeza
Se gambé tivesse um pouco de informação
Teria vergonha de montar diligência, operação
Pra tentar recuperar a quantia e os pertences
Financiados com a falência dos órgãos dos mais carentes

(Refrão)
Filho da puta tem que pagar por cada centavo roubado
Por cada um de nós em fuga no AUDI blindado
Pelo corpo na represa, pelo escravo na empresa
Merecem inferno na torre, labareda por labareda

(Parte 3)
Ou aceitava o sonho de ser de um bote latino
Ou era desmoronar, junto com o prédio invadido
Nosso arrastão é o portal da transparência
Onde vejo de joelhos quem gera invisibilidade e carência
Desde Cabral os mesmos sobrenomes no poder
A mesma árvore genealógica dizendo quando eu vou morrer
Desperdiçando em processo criminais na justiça
Todo gasto do Pro Une, Minha Casa Minha Vida
Por causa de vocês é mais fácil trombar um ET
Do que ver 1 no gueto sem denuncia do MP
Só quero uma fatia da herança escravocrata
Que hoje é o pilar das grandes empresas e marcas
Quando forem fazer o retrato falado do ladrão
Descrevam o golpista com ar de morcego que roubou um bilhão
O que destrói os valores da família
Não é a ascensão da minoria, são os crimes da burguesia
Faço meu o pensamento de Maquiavel
Todo rico por natureza, é um ser cruel
Merecem degolação Á La Cartel com a mensagem
São esses os vermes que sangram os bolsões de vulnerabilidade!
Por hora é nós nas torres pegando dindim
Em breve vai ser carro bomba como em Medelin
Estamos saindo com os RGs, imagens de monitoramento
Recomendo amnésia no Deic, no depoimento!

(Refrão)
Filho da puta tem que pagar por cada centavo roubado
Por cada um de nós em fuga no AUDI blindado
Pelo corpo na represa, pelo escravo na empresa
Merecem inferno na torre, labareda por labareda

O que você achou de Inferno na Torre?