Ouça na sua plataforma preferida!
Média

0

10 baseada em 0 votos.
Avalie:
Você ainda não votou.
Aguarde...

Faça o login para votar.

Esta página ainda está sendo preenchida. Encontrou algum erro ou quer nos ajudar a preenchê-la? Manda um salve!

Letra da música Prisioneiro do Passado

[Verso 1]
Clareou meu alvará de soltura
Não vou sair num caixão de lata ou de fuga
Não precisei esfaquear o estuprador
E nem matar o maldito diretor
Não fiz refém, a liberdade chegou
Ei, carcereiro, abre as grades, faz favor!
Não quero mais jumbo, consegui a transferência
Sem triagem sem audiência
157, flagrante inafiançável
Revolver, dólar, carro na bunda do advogado
Mas ‘tá limpo, hoje é festa de um homem só
Que entrou ser humano, saiu monstro sem dó
O sistema carcerário é fracassado, incompetente
Transforma o réu primário em reincidente
Só que comigo não, vou ser diferente
Foda-se seu banco, gerente!
Agora eu ‘tô livre, que Deus me livre do preconceito
Sei o preço do erro e o tratamento pra ex-detento
No Brasil, uma vez no sistema carcerário
Pra sempre presidiário

[Refrão]
Sou prisioneiro do Passado
Eu tenho rotulo na testa: presidiário

O que você achou de Prisioneiro do Passado?