Ouça na sua plataforma preferida!
Média

0

10 baseada em 0 votos.
Avalie:
Você ainda não votou.
Aguarde...

Faça o login para votar.

Esta página ainda está sendo preenchida. Encontrou algum erro ou quer nos ajudar a preenchê-la? Manda um salve!

Letra da música É Tudo No Meu Nome (Remix)

[Intro]
E agora, malandro venha devagar
Pois o vento que vem ta lá, vem pra cá
Hey! Rappin’ Hood chega

[Verso 1]
Não tenho toda malandragem de Bezerra da Silva
Nem o canto refinado de Paulinho da Viola
Sou só mais um neguinho pelas ruas da vida
Que quer se divertir,fazer um som e joga bola
Rappin Hood sou eu,rã,sujeito homem
Eu estou com o microfone é tudo no meu nome
Sou Posse Mente Zulu,se liga no som
Sou negrão,certo sangue bom
Quando eu era garoto jogava bola no campinho
E dentro da escola guerra de aviãozinho
Do outro lado do muro a vida da rua
Ninguém sabe de nada, cada um na sua
Malandro é malandro e mané é mané
O seu caminho quem faz é você
É baseado nesse pensamento trilhei meu caminho
Filosofia de vida, Hip-Hop é o trilho
Curtir a vida, ser honesto e ter um proceder
Se Deus quis assim, assim que vai ser
Um neguinho magrelo com uma mancha no olho
E um microfone na mão a instruir o seu povo
Não pretendo parar, quero cumprir a missão
Pois foi o criador, quem me deu este dom
Pra levar a toda gente mensagens positivas
Pode crer Rappin’ Hood voz ativa
Um peregrino pelas ruas, morros e favelas
Uma palavra amiga a animar a galera
Na subida do morro, lágrimas na estrada
Quem é de lá sabe que é barra pesada
No Heliópolis no gueto você pode crer
Muitos amigos tenho lá e sempre vou ter
Esse é o meu jeito não há como mudar
Para sempre aquele neguinho da Vila Arapuá

You might also like
Gol
Rappin’ Hood
O Chamado
Rappin’ Hood
A Cultura
Sabotage

[Refrão]
Eu to com o microfone
É tudo no meu nome
(3X)

(Rappin’ Hood sou hã, sujeito homem)

[Verso 2]
Rappin’ Hood o vulgo, Junior o nome
Palhaçada é a miséria, muita gente morrendo de fome
Enquanto você consome, cadê a honra de um homem
Gente morrendo de fome e você nada faz
Aí, político incapaz (Pow, pow, pow…)
E esse meu sentimento, compartilhado por todos
Caiu na roda é bobo e esse bobo é o povo
E o povo somos nós, então irmão
Soltem a sua voz! Demorou!
Eu falo a verdade, essa é minha atitude
Não to nem aí!
Rappin’ Hood (Sujeito Homem)
Eu to com o microfone, é tudo no meu nome

[Ponte]
Heliópolis, atitude!
Sujeito homem, Rappin’ Hood

[Verso 3]
Tenho certeza, não venha me corrigir
Com essa conversa que racismo não existe aqui
Pois todos nós sabemos o quanto o negro aqui sofreu
A sua história destruída e que não tem museu
E não venha me dizer que a culpa não é sua
Pois vemos todos os dias menores nas ruas
Passando fome ao relento pra sobreviver
Filhos de Deus irmão, como eu e você
Felicidade, alegria e muita liberdade
Saco de cola na mão é o dono da cidade
E o seu único destino é ir parar na FEBEM
Porque para o governo o que é que tem
E a criança é estuprada, violentada
Encontrada morta ao fim da madrugada
E não ache ruim o seu triste fim
Pois isso é o só o começo do que está por vir
Todos brigando por um simples prato de comida
E usar droga será a razão de sua vida
E se você critica a nossa mente Zulu
Otário (vai tomar no cu)
Aproveitando e mandando um recado para os meus inimigos
Na paz e no perigo, Jesus está comigo
Essa é a mensagem que mando a você
Fique de olho no lance pra você não o perder
Expresso os meus ideais pra toda juventude
Negritude em plenitude, Rappin’ Hood

(Sujeito homem)

[Refrão]

[Verso 4]
É fácil me encontrar dando um rolê pela minha área
Camisa do Corinthians é minha cara
Conheço 1-5-7, 12, 121
Mas meu artigo é o Rap, esse é meu pá e pum
Preto de atitude sempre na correria
Armados de rimas, esse é meu dia a dia
Correndo atrás da fita sem atrasar ninguém
É, fugindo dos atrasa lado que é o que mais tem
Com meus 20 e poucos anos já vi coisas de mais
Agora eu corro atrás, busco a minha paz
A noite é uma criança e eu também to na dança
Hip-Hop é minha cara desde minha infância
Estágio supervisionado no metrô São Bento
Bacharel formado, rapper autêntico
Lealdade, humildade e procedimento
Sou Gaviões da Fiel, muito respeito
É Rappin’ Hood pondo a boca no trombone
Eu to com o microfone é tudo no meu nome

[Refrão]

[Verso 5]
Não deixo pra depois o que quero falar
Assim sou eu ninguém vai me calar
Pois isso que é o Rap, é coisa de atitude
Se lembre desse nome porque o Rap é Rappin’ Hood

O que você achou de É Tudo No Meu Nome (Remix)?