Ouça na sua plataforma preferida!
Média

0

10 baseada em 0 votos.
Avalie:
Você ainda não votou.
Aguarde...

Faça o login para votar.

Esta página ainda está sendo preenchida. Encontrou algum erro ou quer nos ajudar a preenchê-la? Manda um salve!

Letra da música Chico Xavier do Gueto

Prepare as algemas, forme o inquérito
Abre o processo que eles estão de volta
Sem freio na língua, sem meia verdade, história engraçada e frase bonita
Facção Central, Chico Xavier do gueto, pondo no papel o que Deus manda
No palco da noite, é a munição traçante
O soldado que prefere ser morto do que ser o soldado que municia o inimigo
Não é letra violenta não, cuzão, é a música cantada com o coração
Facção não faz rap pra você, boy, grupo invejoso, zé povinho
Tamo cagando e andando pra opinião de vocês
Extremista, célula terrorista, enquanto Deus por ar nos pulmões
Vamos ser o avião fazendo estrago de ouvido a ouvido
Vitória não é carro, dinheiro e vagabunda
É injetar ódio no cérebro do conformado, informação no desinformado e auto-estima no derrotado
Vive muito, boy, não gosto de você, mas não quero seu sangue derramado com as nossas mãos
Não quero um dos meus vencendo através do seu cadáver
Vive muito pra um dia ver a favela vencer
Eu acredito muito nisso
Pra quem tem fé e persistência, tudo é possível
Aí, tinha dois moleques lá no cortiço do centro, que ninguém dava uma moeda
E mesmo assim eles derrubaram as portas
Sobreviveram ao teste, as coronhadas da policia, fome
E hoje, acredita se quiser, tão aqui tirando seu sono
Passaram de quinta série de escolaridade a PhD em vida
Eduardo e Dum-Dum doença que contagia as almas sem voz
Certificado de atitude concedido pela favela
Aí, desempregado, doente, órfão, faminto, mendigo, detento
Viciado, menor de rua, iludido ou sem ilusão
Não importa quem é você
Se você tem periferia no peito você é parte de mais um capitulo da nossa história
Direto do campo de extermínio

O que você achou de Chico Xavier do Gueto?