Ouça na sua plataforma preferida!
Média

0

10 baseada em 0 votos.
Avalie:
Você ainda não votou.
Aguarde...

Faça o login para votar.

Esta página ainda está sendo preenchida. Encontrou algum erro ou quer nos ajudar a preenchê-la? Manda um salve!

Letra da música Quantos Morros

[Verso 1: Rappin’ Hood]
Se liga aí, hoje eu vou sair no rolê
Curtir a vida, responsa e no maior proceder
Sentir a brisa, Só pra curtir a noite ao lado da rapaziada
Na roda de samba, no Rap, to na jogada
Vou mandar um salve pros lugares q eu andei
As minas que conheci, e os parceiros que encontrei
O ponto de partida é a Vila Arapuá
Minha quebrada onde meu coração está
Estrada das Lágrimas ali na Ponte Preta
Na tradição da Ponte, aí Pastel, muita treta
No Morro São João, Climaco presente
Só os sangue bons, os guerreiros, gente decente
É quente, muita calma nessa hora
Na maior favela de São Paulo estamos agora
É Heliópolis, fica sossegado
Vamos q o role esta apenas começando

[Refrão: Mário Sérgio]
Quantos Morros já subi
Desci sem ver
O que falam por aí
Me faz tremer
Essa gente vive assim
Sem reclamar
Lá ninguém é tão ruim
Lá também se sabe amar

You might also like
À Minha Favela
Rappin’ Hood
Dia de Desfile II – A Apoteose
Rappin’ Hood
A Cultura
Sabotage

[Mário Sérgio]
Todo mundo é irmão
Todo Mundo é companheiro
La no Morro da Formiga
Do Boréu e do Salgueiro
Lá tem samba pé no chão
Poesia verdadeira
Lá no Morro da Serrinha
Lá no Morro de Mangueira

[Verso 2: Rappin’ Hood]
Da Vila do Sapo ligou o Fuá
Disse que vai constar, pro rolê vai colar
Marquei com ele ali no Sacomã
No barraco do Barata que é parceiro ban ban ban
Mas antes, passei ali na Vila Carioca
Ali na Imperador, quebrada que não tem pipoca
Dali, me mandei pro Bom Retiro
Fui lá pros gaviões trombei o House e o Neguinho
Jhonny, que ta sempre lado a lado
E disse vamo lá na norte ver uns aliados
É logo ali, perto do Jardim Peri
Na casa do Cléber ali no Tucuruvi
Demorou, bora lá pra zona norte
A lua ta da hora e a noite promete
Mais tarde, vou pro clube da cidade
Ali na Barra Funda é classe A, só amizade

[Refrão]

[Mário Sérgio]
Essa gente vive em paz
Essa gente faz o bem
Seja no Pau da Bandeira
Seja na Vila Vintém
Esse povo que a cidade
Chama de fora da lei (Fora da Lei não)
Vive com dignidade
Sem Levar vida de Rei

[Verso 3: Rappin’ Hood]
Na porta do clube trombei o Sandrão
Rapaziada zona oeste mó satisfação
Tocou o telefone era do Rio de Janeiro
De Jacarepagua, Prateado parceiro
Na entrada da festa encontrei de saída
Veco e Repinico indo lá pra Bela Vista
Caí pra dentro pra ver o movimento
São 4 da manhã e o bicho ta pegando
São vários manos e são varias minas
Ao som de Fundo de Quintal
Todos de mão pra cima
Nos toca-discos, o DJ Luciano
Só rola as da pesada quando está discotecando
O tempo passa e é 5 da manhã
Na saída da festinha encontrei o Alan
Junto com o Vagas que é lá de Osasco
Mas tive que ir embora porque sou homem casado

O que você achou de Quantos Morros?