Ouça na sua plataforma preferida!
Média

0

10 baseada em 0 votos.
Avalie:
Você ainda não votou.
Aguarde...

Faça o login para votar.

Esta página ainda está sendo preenchida. Encontrou algum erro ou quer nos ajudar a preenchê-la? Manda um salve!

Letra da música Tudo Certo

[Intro]
Posso? (Pode, tá bom)
Demorou
Ah

[Verso 1: Gabriel, o Pensador]
Quero que a sorte me ajude nas batalhas que eu travo
Mas do berço ao ataúde, vou manter minha atitude
Não importa a latitude ou longitude
Povo que não tem virtude acaba por ser escravo
Nem centavo, nem milhão, nem o dobro, nem metade
Nem a prata, nem o ouro, nem o Euro, nem o Dólar
Nem fortuna, nem esmola
Nada do que eu conheço paga o preço de viver sem liberdade
Felicidade não é coisa do outro mundo
E eu não sou um vagabundo, mas sei vagabundear
Trabalho duro, penso no futuro
Mas o presente eu vou desembrulhar

[Ponte: Gabriel, o Pensador]
É como disse a Berenice (Falou e disse)
Vamo parar de meninice (Falou e disse)
Eu nunca fujo do perigo (Falou comigo?)
Amiga chama as amigas que eu vou chegar com os amigos

[Refrão]
Confie em mim que no fim dá tudo certo
Avisa pras amigas que tá tudo certo
Eu chego com os amigos e tá tudo certo
Se ainda não deu certo é porque ainda não chegou no fim
E no fim dá tudo certo
Avisa pras amigas que tá tudo certo
Eu chego com os amigos e tá tudo (certo)

[Verso 2: Gabriel, o Pensador]
Ae, churrascada lá em casa
Traz a carne pro espeto, traz o gelo pra gelada
Traz o verde, pra salada
É sempre um bom motivo pra juntar a rapaziada
O chimarrão na praia ou no rincão
Representa a tradição que passa de mão em mão
Da mão que passa pra boca
Da boca pra outra mão
Que passa pra outra boca com sorriso de satisfação
Abre a roda do chima, deixa eu chegar
Deixe que murcha a bomba até a cuia roncar
Damas primeiro, mas vai devagar
Cuidado que é pra não se queimar

[Ponte + Refrão]

[Verso 3: Gabriel, o Pensador]
Gosto do que é bom e o que é bom não enjoa
Curto a minha vida que ela é curta mas boa
Não tem carne eu como peixe
Não tem mate eu bebo água
Não tem festa, a gente faz a festa de duas pessoas
Eu e você, você e eu, chega mais perto
Por que cê ta tão longe
Não esconde esse sorriso assim
Confie em mim que no fim dá tudo certo
Se ainda não deu certo é porque ainda não chegou no fim
Me dá um pouco da boca, me dá um naco da nuca
Não se preocupe eu não to louco, nem você maluca
Agora é tarde pra tremer de medo
E ainda é cedo pra morrer de culpa

[Ponte + refrão]

[Outro (part. Berenice Azambuja)2X]
“Churrasco, bom chimarrão
Fandango, trago e mulher
É disto que o velho gosta
É isto que o velho quer”

[Refrão]

O que você achou de Tudo Certo?