Ouça na sua plataforma preferida!
Média

0

10 baseada em 0 votos.
Avalie:
Você ainda não votou.
Aguarde...

Faça o login para votar.

Esta página ainda está sendo preenchida. Encontrou algum erro ou quer nos ajudar a preenchê-la? Manda um salve!

Letra da música Povo de Aruanda

[Intro: Funk Buia]
Vamos começar nossos trabalhos de hoje
Pedimos licença, limpamos os pés para poder chegar
Que nada me mal irá nos afetar
Fé em Deus, e Saravá!

[Verso 1: Thaíde]
Olha o neguinho chegando mais uma vez
Pedindo licença pra todos vocês
Eu respeito a doutrina da sua fé
Respeite a minha conhecida, como Candomblé
Vinda da África com vossa realeza
Cultuando divindades da natureza
Oxalá, Iansã, Iemanjá, Xangô, Oxossi,Ogum, Obatalá
Quem nunca viu, vem ver, caldeirão sem fundo ferver
Um povo com felicidade de Erê
Olho gordo não me pega
Nenhuma urucubaca
Seu 7 me protege com suas 7 facas, de facas, polícia, de pedras, de balas
Modilê, Lodê e Legbara
Não mexe comigo, que eu ponho seu nome lá no meu terreiro
Sabe quem eu sou? Eu sou Macumbeiro!

[Refrão: Thaíde, Ieda Hills, Funk Buia]
Cada doutrina disciplina 7 encruzilhada
A rua, a lua, cada esquina abençoada
Saravá, salvá, salvô, negô, Orixá quebra demanda
Patacori Ogum, Ogunhê! Salve o povo de Aruanda

[Verso 2: Thaíde]
Não acredito em sacerdotes de calçadão
Nem em padres pedófilos com a bíblia na mão
Nem em pastores que pedem aluguel ou cartão
Usurpadores da religião, de qualquer Legião
Não importa quem acende a vela, e sim a intenção sua fé não é maior que a minha, nem a oração
Que fiéis são esses que promovem a desunião?
E aquela conversa de sermos todos irmãos?
Eu acredito num Deus superior, que ensina o respeito, a paz e o amor
Entre tantos nomes Também conhecido como Jah, Jeová, que me abençoa abençoando os Orixás
Dizem que somos bruxos, mas também somos crentes, porém, a nossa crença é um pouco diferente
Salve o Candomblé e a Umbanda, com as suas 7 linhas
A criança apedrejada não está sozinha

[Refrão: Thaíde, Ieda Hills, Funk Buia]
Cada doutrina disciplina 7 encruzilhada
A rua, a lua, cada esquina abençoada
Saravá, salvá, salvô, negô, Orixá quebra demanda
Patacori Ogum, Ogunhê! Salve o povo de Aruanda

[Verso 3: Thaíde]
A cigana leu a minha mão
Revelou premonição!
Rezadeira rezou meu patuá
Nada pode me Parar!

A cigana leu a minha mão
Revelou premonição!
Rezadeira rezou meu patuá
Nada pode me Parar!

Só Deus!

O que você achou de Povo de Aruanda?