Ouça na sua plataforma preferida!
Média

0

10 baseada em 0 votos.
Avalie:
Você ainda não votou.
Aguarde...

Faça o login para votar.

Esta página ainda está sendo preenchida. Encontrou algum erro ou quer nos ajudar a preenchê-la? Manda um salve!

Letra da música A Escolha Que Eu Fiz

[Verso 1: Edi Rock]
Foi a escolha que eu fiz
Agora o sangue que escorre não apaga, não é giz
Eu vacilei, não olhei
Tinha um pé ali atrás no balcão quando enquadrei
Entrei suando, era a deixa
Cada, cada prejú, o seu é a queixa
Eu me fodi de verdade se pá não vai dá
Não vou ver nem as grades
Que merda é essa que eu fiz
Eu não ouvi o meu parceiro como eu ouço o juiz, infeliz
Respire fundo, otário
Violento e desnecessário
Dói pra caralho e agora não é hora de rezar e brisar
Louco, deixa de história
Tem que ser homem, ladrão
Mesmo sendo massacrado no chão, né não?
Pelo barulho da moto
Aquele filho da puta me deixou feio na foto
Volto, com a prova do crime na mão
Mano, tô precisando de mais um pulmão
Com vinte anos apenas, nunca dei orgulho
Só acumulo problemas, tema
Ao menos não arrastei ninguém
Se eu for pro túmulo é o mínimo que se espera de alguém

[Verso 2: Edi Rock]
No chão por alguns reais
Missão de risco, ousadia, sabia, mas fui incapaz
De ter a calma, planejar o esquema
Agora jaz, não da mais, sou refém do sistema
Pela sirene fudeu
Arrancaram o capacete, um povinho me reconheceu
Cuspe na cara, chute, algema
Pior que bicho, lixo arrastado, mó cena
Se o Datena filmar e a minha estrela brilhar
Eu morro feliz, vilão vagabundo, foda-se o que esse porco diz

O que você achou de A Escolha Que Eu Fiz?